Como consultar os débitos do IPVA Santa Catarina

O IPVA SC é obrigatório e isso acaba gerando muita preocupação nas pessoas que possuem veículos registrados na região, o que não era para menos. A partir do momento em que pagamos um imposto atraso, sempre temos juros incidentes, o que é bom evitar.

Existem muitas facilidades que podemos ter acesso através dos serviços online desse órgão público. Até mesmo o pagamento desse imposto pode ocorrer online, o que facilita muito a vida de quem não tem tempo para estar em filas presenciais para efetuar pagamento de contas.

Depois que os públicos começaram a informatizar os seus serviços, tudo ficou mais fácil e rápido. Hoje temos bastante praticidade em nossas mãos e precisamos saber utilizar a tecnologia ao nosso favor. Não tem muito segredo quanto ao uso dos recursos online e aqui você vai poder entender um pouco mais sobre eles.

O que é o IPVA SC?

O IPVA SC (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores do Estado de Santa Catarina) necessita ser pago todos os anos, pois se trata de um imposto obrigatório e anual. Ele só vai incidir sobre os veículos que estão registrados nesse estado e não em todos que estão em circulação, é importante entender essa divisão.

Os proprietários de veículos registrados no estado de Santa Catarina devem entrar em contato com o Detran para poder fazer a emissão da guia de recolhimento e também para consultar as datas de pagamento. Mas para facilidade de todos, o próprio órgão está disponibilizando todas essas informações pela internet, além disso, o próprio pagamento da guia de recolhimento também poderá ocorrer online.

Abaixo você pode consultar quais são as formas de pagamento que o governo desse estado disponibilizou para esse ano, aproveite para estar escolhendo qual deles vai usar para fazer a quitação do débito:

  • Pagamento em cota única: nessa modalidade, o proprietário tem um desconto de 10%, desde que o boleto seja pago dentro do prazo de vencimento;
  • Pagamento parcelado: não tem nenhum desconto concedido. Mas é possível pagar em 3x e sem incidência de juros.

Os interessados deverão ter muita atenção no vencimento da parcela única e das demais parcelas, quando o pagamento for parcelado. Isso evita a perda de desconto e também a incidência de juros. Não podemos nos esquecer também que a partir do momento em que não efetuamos o pagamento de um imposto que é obrigatório, o nosso nome entra para dívida ativa.

Como realizar consulta do valor?

A consulta do valor IPVA Santa Catarina é uma dúvida recorrente, afinal de contas, as pessoas querem ter conhecimento sobre quanto o Governo está cobrando para o imposto sobre o veículo que ele tem. Esse valor não é igual para todos os veículos e sofre alterações todos os anos, isso significa que o valor que você pagou ano passado não será o mesmo que você pagará esse ano.

  • Acesse o Site do Detran SC;
  • Informe o número do Renavam e a placa do veículo.

A consulta online foi desenvolvida para atender o cidadão que precisa saber o valor que irá pagar no IPVA esse ano. Além disso, também é possível fazer a emissão da segunda via da guia de recolhimento, caso o cidadão não tenha recebido a primeira via ou tenha perdido a mesma. Seja qual for o motivo, entre no site para solicitar a segunda via de forma gratuita.

Calendário de pagamento

O calendário de pagamento IPVA SC também será divulgado pelo site do Detran e todos os interessados poderão consultar de forma rápida e fácil. As informações foram informatizadas para que a grande quantidade de cidadãos dessa região pudessem ser atendidos de uma maneira mais rápida e fácil.

Através do calendário é possível saber quando o IPVA do seu veículo irá vencer e essa divisão ocorre de acordo com o último dígito da placa. Abaixo deixamos o endereço onde você pode consultar esse calendário referente ao estado de Santa Catarina:

A tabela de pagamentos é uma informação importante por isso que você não pode deixar de estar consultando. Ela passa por atualização todos os anos e isso significa que você tem que consultar aquela atualizada e que se aplica ao ano vigente, o que evita divergência e pendências sérias.